Terráqueos/Earthlings,2009
 
 
Terráqueos | Earthlings, 2009
Parafina, ferro, pavios, fogo, papel, som
Paraffin, iron, wicks, fire, paper, sound
Dimensões varíavies
Several dimensions
Terráqueos - Acontecimento
Earthlings - happening
48"
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Cartovolumetria, 2009
Palete de madeira, parafina, carpete azul
Pallet wood, paraffin, blue carpet
Dimensões variáveis
Several dimensions
 
 
 
Sedimentação | Sedimentation, 2009
Parafina pigmentada, vitrina
Pigmented paraffin and showcase
40x40x40cm
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 




Na produção plástica contemporânea, grande parte dos processos são construtivos e, neste âmbito, a fragmentação, a mobilidade, a decomposição e a recomposição permitem amplificar a relação entre elementos, a fim de criar outras possibilidades plásticas e semióticas.
Terráqueos [1], Projecto de instalação/performance, pretende dentro deste princípio, decifrar alguns contextos processuais e conceptuais que envolvem o acto da (Re) desconstrução formal, sendo que o tema da paisagem, e mais especificamente o da montanha, surge como complemento que permite almejar este modus operandi. A montanha, por sua vez, é entendida como dimensão física que encerra as mais diversas manifestações dentro de uma mesma configuração formal, com múltiplos significantes e de várias ordens; a cartografia, geografia, vulcanologia, sismografia, botânica, etc.
Assim considerada, a montanha surge neste processo criativo enquanto espaço dado à exploração das mais diversas sensações, individualmente apreendidas e culturalmente construídas que originam, cumulativamente, um reportório aberto a possíveis vias de (re-) apresentação.Nesta dimensão plástica que compreende uma constante (re) -desconstrução dos seus pressupostos, as obras expostas, surgem enquanto instalações que promovem micro-percepções dessa montanha, ou simplesmente, provocam novas relações a partir da informação adquirida durante todo o processo.
Em última análise, Terráqueos poderá ser interpretado como uma série de registos que nascem a partir de uma viagem mental que se desenvolve em torno de uma montanha.




In contemporary artistic production, most processes are constructive. In this way, fragmentation, mobility, decomposition and re-composition amplify the relationship between elements in order to create other plastic and semiotic possibilities.

Terráqueos(Earthlings)[2]
na installation/performance Project, aim to understand, some conceptual and procedural contexts within this attitude, involving the act of formal (re) deconstruction, comprehended in  the landscape theme, specially in the moutain, wich appear as add-ons that allows to conceive this modus operandi.
In this context, the mountain is understood as a physical dimension that contains several different manifestations within a formal setting, that also have multiple meanings and multiple orders; cartography, geography, volcanology, seismography, botanic, etc..
Therefore the mountain stands as a given area to the exploration of different sensations, self-perceived and culturally constructed in a cumulative process that creates a repertoire of multiples directions opened to (re-) presentation.
In this dimension, wich stands for a constant (re)-deconstruction of its own assumptions, the work pretends to gives us micro-perceptions of this mountain, or simply arouses new relationships to come from the information acquired during the whole process.

Ultimately, Terráqueos (Earthlings) may be interpreted as a series of registers from a mental journey to a mountain.


[1] Projecto desenvolvido para a tese de mestrado em escultura, sob o título de As estruturas do imprevisível a partir de um centro de projecção. Fundo Documental da Biblioteca de Belas Artes do Porto.

[2] Project developed for the master´s thesis in sculpture under the title As estruturas do imprivisível a partir de um centro de projecção(the structure of the unpredictable from a center of projection). Documentary fund of the library of Belas Artes da Universidade do Porto (Fine Arts of Oporto university)


Terráqueos/Earthlings,2009
14
481
6
Published:

Terráqueos/Earthlings,2009

Na produção plástica contemporânea, grande parte dos processos são construtivos e, neste âmbito, a fragmentação, a mobilidade, a decomposição e a Read More
14
481
6
Published: