• ad·vér·bi:o é um projecto editorial desenvolvido em âmbito académico que visa redefinir a natureza primária da Agenda Cultural de Lisboa. A revista propõe um novo conceito e solução gráfica para a programação mensal de eventos e actividades culturais, adaptados ao eclectismo da capital portuguesa.
     
    Este mês exploramos a Lisboa madrugadora. Cedo descreve o deitar, o sonhar, o acordar e os vagueios que percorrem a noite até chegar a manhã, a aurora.
     
  • A proposta inclui três diferentes objectos.
    O primeiro caderno apresenta uma narrativa (neste caso, fotográfica) inspirada no advérbio explorado. Um caderno mais pequeno mostra-nos a programação mensal, incluindo eventos e actividades culturais. Por último o Território, um mapa desdobrável que envolve a publicação e que nos revela os equipamentos municipais mais relevantes da cidade. O mapa é, todos os meses, re-interpretado por um novo artista, revelando uma iconografia adaptada à temática do mês.
     
    Com a ajuda da Maria (a estudante), do Sr. Zé (o calceteiro), do Sr. Eduardo (encarregado da padaria) e do Sr. Alberto (o taxista que também é fotógrafo) foi possível delinear um percurso pautado pela marcação da hora que regista o que estas personagens fazem tão tarde e, ao mesmo tempo, tão cedo.
     
     
    - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 




  • Registo Fotográfico
    ....................
    176 x 250 mm
     
  •  
     
     
     
    Agenda 
    .........
    140 x 210 mm
     




  • Mapa 
    .......
    600 x 480 mm



  •           ad·vér·bi:o

              (latim adverbium, -ii)
              s. m.
              1. [Gramática] Palavra invariável em género
              e número que modifica verbos, adjectivos,
              outros advérbios e orações ou frases.
Add to Collection