• Um apanhado de alguns posters produzidos para diversos seguimentos. Desde trabalhos experimentais como freelancer à trabalhos acadêmicos.
  • Cartaz feito para a semana de Arquitetura e Design da Universidade Cruzeiro do Sul, que foi realizada em Setembro de 2012. O tema da peça foi a interdisciplinaridade entre arquitetura e design, onde o todo é muito maior que a soma das partes das disciplinas. E isso fica bem claro no símbolo central do cartaz.
  • Cartaz produzido em projeto acadêmico para disciplina de Design Sustentável. Onde o objetivo era fazer uma releitura para um cartaz de uma Feira Mundial (no caso, a Expo Bruxelas de 1958), com uma abordagem contemporânea.
  • Segunda versão do cartaz produzido para o projeto acadêmico da disciplina de Design Sustentável.
  • Cartaz produzido para a peça Baile na Curva, sob encomenda do Sesc Santos. O cartaz foi impresso em tamanho A0.
  • Cartaz feito para para o show de lançamento do primeiro disco da banda paulistana de hardcore/punk Days Of Sunday. A estética simples e suja, aliada com aspectos de grafite e a fotografia do rapper sabotage, fazem um link direto com as origens e ideologia dos integrantes da banda.
     
  • Segunda versão do cartaz anterior.
  • Cartaz experimental, uma releitura de um antigo cartaz que eu havai feito para esse show punk. Uma mistura de pop art, desconstrução e uma singela homenagem a Neville Brody, pelo uso de sua tipografia Blur.
  • Cartaz produzido sob encomenda para o selo Balboa Discos, as cores suaves e a abordagem "clean", geram um contraponto com o contexto do show, com bandas de metal/punk. O cartaz foi impresso nos tamanhos A3 e A0.
  • Cartaz experimental feito para o show de lançamento do Ep "This is not for Pablo" da banda de rock alternativo Doppelgangers!, o principal código visual é gerado por uma ilustração que retirei de meu sketchbook, uma junção de espermatozóides minimalistas.
  • Cartaz experimental que teve inspiração na música "Não existe amor em SP" do rapper Criolo, de São Paulo. A arte foi feita com elementos digitais e o desenho do coração que foi feito com caneta esferográfica, scanneado e modificado no photoshop. Esse material foi impresso em A3.
  • Cartaz feito para um show de bandas punks / straight edges, a pedido do selo Juventude Positiva. A imagem de Bob Marley no cartaz, cria um paradoxo com a abordagem das bandas e da cultura straight edge.
  • Cartaz feito para o selo Juventude Positiva (São Paulo), para um show de tributo para bandas Straight Edges clássicas.
  • Cartaz feito para a marca Alargatudo, que fabrica alargadores artesanais. Esse trabalho teve uma forte inspiração em Pop Art e tipografia gunge, para buscar uma aproximação entre o público alvo e produto.
  • Cartaz feito para o evento AlargaTudoDay. Busquei referências no trabalho de David Carson para desenvolver a construção do cartaz, com elementos mais "soltos e livres"  e a tipografia grunge.