Projeto: Residência (ARQ 2)

  • 1199
  • 48
  • 8
  • Projeto: Residência (ARQ 2)
     
    UniCEUB | Centro Universitário de Brasília | Projeto de Arquitetura 2 | 2012 | Larissa Castro de Oliveira
  •  
  • Programa: Residência | Larissa Castro de Oliveira
     
    O programa de necessidades deste projeto faz parte do sonho de um jovem casal de 40 anos: ele escreve para o jornal 'O Globo' e é sommelier; ela é designer de joias e gosta de fotografia. Desejam construir uma residência personalisada para um terreno localizado no Lago Sul, Brasília - DF, próximo às margens do Lago Paranoá.
    De acordo com os pedidos do casal, a casa deve contemplar: suíte principal, escritório que possa ser quarto de hóspedes, sala de estar com varanda, sala de jantar, dependência completa de empregada, área de serviço coberta e descoberta, garagem para um carro, cozinha e, para área de lazer, piscina com deck. Além das principais áreas a serem acomodadas, o projeto deverá incluir características íntimas dos clientes, seguindo seus gostos musicais, culturais, de leitura bem como suas referências de artes visuais e cinematográficas. 
    Com uma visita técnica ao terreno, foi possível analisar o local a ser construído e perceber a paisagem, as vias de acesso, as fontes de ruído, os equipamentos urbanos, os serviços locais, a inclinação topográfica e até mesmo sua relação com as residências vizinhas. O acesso para o terreno está voltado para a fachada sul, que pode aproveitar a iluminação natural em abundância. A fachada norte, que abre vista para a Ponte Juscelino Kubisrchek, não poderpa ter grandes aberturas por causa da grande incidência solar. As laterais do terreno, fachadas leste e oeste, ficarão protegidas da iluminação solar direta pelas residências adjascentes.
    O programa deve ter uma disposição no terreno de modo a aproveitar as condicionantes analisadas, levando em conta os afastamentos obrigatórios, as curvas de nível e a altuma máxima permitida.
     
     
     
     
  • Análise do Terreno: Planta | Larissa Castro de Oliveira
     
     
     
     
  • Análise do Terreno: Cortes | Larissa Castro de Oliveira
     
     
     
     
  • Partido Arquitetônico | Larissa Castro de Oliveira
     
     
    O partido arquitetônico começa a ser desenvolvido de acordo com a análise topográfica. Como a área a ser construída deve conter apenas 100m², o projeto deve ser desenvolvido paralelamente à rua de acesso, para causar uma sensação de maior profundidade da residência para quem chega ao terreno.
    Os clientes precisam de uma área social ampla e arejada, para receberem seus amigos. Com isso, a cozinha, a sala de jantar e a sala de estar passam a ocupar um espaço integrado, abrindo espaço para o deck que contempla a área de lazer externa, com a piscina.
    A área íntima da residência ficará visivelmente separada da área social, permitindo maior conforto para o casal ao receber visitantes. Esta separação deve acontecer de forma em que a área social possa ser desvendada logo que alguém chegue pela entrada principal, e a área íntima ficará “escondida”, apenas para acesso de amigos mais próximos.
     
     
     
     
  • Desenvolvimento da Forma | Larissa Castro de Oliveira

    Em planta, o projeto começa a ser desenvolvido com um retângulo que tenha parte do eixo central subtraído para instalação da varanda. Ao mesmo tempo em que a planta é elaborada, o corte do terreno sugere uma estrutura que deixe o interior da residência livre de pilares e segure a cobertura também no centro. A estrutura deve ser marcante e pouco usual para residências, característica observada em obras de referências dos clientes.
    O Sport Centre de Camenzind Evolution inspirou a forma do projeto, com uma estrutura portante que segura a cobertura do centro, “abraçando” a construção. Com esta forma, a planta livre pode ser trabalhada para receber todas as características essenciais do projeto residencial.
     
     
     

     
  • Maquete Física | Larissa Castro de Oliveira