Add to Collection
Tools Used
About

About

Identity and communication for Évora's candidature to World Heritage City of UNESCO.
Published:
ÉVORA
World Heritage City Candidature
Logo | Branding | Ad
Uma cidade com diversos estilos arquitectónicos, derivados da presença das diversas culturas que a formaram e influenciaram (celta, romana, árabe e cristã). Assim, no logótipo temos as quatro entradas da cidade (actualmente, só duas permanecem fisicamente, as restantes, na realidade existiram e ainda estão referenciadas), estilizadas pelos arcos.
As cores têm um significado próprio. O Amarelo transmite calor, luz e descontracção - está associado à prosperidade. O Laranja é uma cor quente, tal como o amarelo e o vermelho. É pois uma cor activa que, significa movimento e espontaneidade, também transmite optimismo e está associada ao Verão. O Verde significa vigor, juventude, frescor, esperança e calma. O Azul é a cor do céu, do espírito e do pensamento. Simboliza a lealdade, a fidelidade, a personalidade e subtileza. Simboliza também o ideal e o sonho. Subliminarmente temos a muralha, ou o limite do centro histórico (cinza claro - pedra), o qual sugere igualmente uma cruz, símbolo transversal às culturas acima indicadas, sem que se distinga imediatamente a que cultura pertence.
O lettring (Évora) é desenhado e construído a partir dos mesmos arcos. Com estes foi possível fazer uma tipografia exclusiva para Évora - Cidade Património Mundial - podendo ainda ser utilizado no texto e iconografia da respectiva toponímia do centro histórico.
Resulta num logótipo que se distingue pela originalidade da construção, pois as suas formas, incluindo o lettring, partem da forma simples do arco, o qual sugere a(s) entrada(s) na cidade, embora rodeada pela muralha, aberta a todos, em analogia a todas as culturas que fizeram a sua história, tornando-a uma cidade única, com um centro histórico único, digno de património mundial. Dessa forma, o seu logótipo também o deve ser: único, distinto e contemporâneo.