Add to Collection
About

About

Collaboration with the BIGhand non-governamental organization + Arquitectos sem Fronteiras Portugal | project proposal development for a school a… Read More
Collaboration with the BIGhand non-governamental organization + Arquitectos sem Fronteiras Portugal | project proposal development for a school at Mozambique | Escola Amiga (Friendly School) project Read Less
Published:
[PT]
Proposta de participação no Laboratório de Ideias lançado pela Big Hand (ONG) em parceria com os Arquitectos Sem Fronteiras Portugal, sob o tema: “VAMOS CRIAR UMA ESCOLA AMIGA EM MOÇAMBIQUE” | proposta seleccionada para a fase seguinte de desenvolvimento de projecto. 
 
 
O principal objectivo do projecto ESCOLA AMIGA passa por promover o acesso à educação, cuidados de saúde e nutrição, a água e saneamento básico a crianças moçambicanas que vivem em condições desfavoráveis. Para isso é proposta a criação de uma ESCOLA CENTRAL da qual derivam MINI-ESCOLAS (ou escolas satélite).
 
Numa primeira fase, o desafio lançado foi o de realizar um Laboratório de Ideias, no qual cada equipa poderia apresentar matéria, sob diversas formas e visando diferentes áreas temáticas, desde que este constituísse um contributo relevante para o desenvolvimento do projecto final. A partilha de informação, pesquisa ou experiências vividas no mundo da cooperação, seriam compiladas num Banco de Ideias colectivo, ponto de partida para a fase seguinte.
 
A proposta apresentada pela equipa ///popcorn/// teve como principal objectivo criar um dossier base, que se constitui como um momento preparatório e embrionário, um estudo prévio face a um possível projecto final.
Pretendemos por isso lançar pistas em variadas direcções: deixando um testemunho sobre as experiências vividas no âmbito da educação e dos países sub-desenvolvidos; apresentando uma caracterização do território moçambicano, tão distinto do português; recolhendo referências de outras obras de arquitectura, escolas em contextos de algum modo semelhantes; apontando possíveis projectos na área da educação. Além destas abordagens, foi apresentado um esboço, em linhas gerais, do projecto de arquitectura das escolas central e satélite.
 
Na proposta apresentada, o programa encontra-se distribuído em volta de um pátio, contrapondo o volume das salas de aula de um lado, aos serviços do outro, sendo o vértice de encontro de ambos, destinado ao espaço de convívio e desporto.  
 
As salas de aula constituem momentos especiais do edifício, separadas umas das outras, mas articuladas entre si, individualizadas através de volumes e cores. Também o edifício de convívio se destaca nas formas, fazendo as crianças embarcar num pequeno mundo do imaginário infantil.
 
O estudo da cobertura, de espaços exteriores cobertos, de formas de ventilação e do uso da vegetação existente, são pontos fundamentais da adaptação do projecto ao clima local.
 
A escolha do material local, a terra, em blocos de terra comprimida, homeneíza o conjunto e cria uma linguagem muito própria, forte, amarrada à tradição do lugar e simultaneamente introdutora de modernidade e de novas potencialidades, pelos seus métodos de aplicação actuais.
 
Para que um projecto faça a diferença, este deve ser completo, integrado e auto-sustentável, passando pelo edifício enquanto espaço vivido, pelas infra-estruturas básicas, pelo método educativo, pela gestão económica, pela integração social e ambiental do conjunto.  
 
A proposta ///popcorn/// foi considerada pela organização como fazendo parte das “mais adequadas ao contexto especificado” e que servirão de base de trabalho ao crescimento do projecto ESCOLA AMIGA. 
 
equipa Andreia Cunha arq. ///popcorn.vc/// Joana Marques arq. ///popcorn.opo/// com a colaboração de Joana Simões arq. | Márcia Oliveira arq.