Dollynho 2.0
4244
371
36
Add to Collection
About

About

Proposta de redesign do personagem Dollynho.
Published:
Tudo começou com uma discussão na hora do almoço:
E se o Dollynho tivesse um pouco mais de grana (tanto de investimento técnico, como de roupagem) rs.. como ele seria?
 
 
O Original
 
Antes de projetar a minha versão, fiquei consumindo esse amiguinho e buscando a verdadeira alma desse menino rs. Assim, listo aqui as problemáticas principais:
- A silhueta dele sugere uma pessoa, com bracos e pernas proporcionais a um ser humano. E isso gera uma problema de associação. Fica difícil ver o Dollynho como um personagem garrafinha que ganhou vida, quando a forma sugere que é uma pessoa vestindo uma fantasia de garrafa (Fig. 1).
- Se olharmos apenas o rosto do Dollynho, percebemos que as proporcões e todos os elementos faciais são de um bebê (Fig. 2). Só que como bebê, qualquer movimento humano (andar, correr, pular) deixa uma impressão estranha, já que um bebê não faz isso. Pra piorar, as pupilas são muito grandes, como se o Dollynho estivesse sempre ligadão.
- A cor verde é dificil para qualquer personagem, pois sempre sugere algo alienígena. Pra piorar o Dollynho tem um contraste muito grande criando uma série de brilhos pouco agradáveis.
- Personagens costumam ter simbolos simples no peito/barriga, para que ocorra uma leitura rápida. E o logo da Dolly é um elemento que polui o visual, pois é uma palavra, grande e na transversal. Todo movimento do Dollynho faz distorcer o logo, prejudicando a imagem toda (Fig. 3).
Os parentes do Dollynho
 
Tendo idéia do que o torna alvo de tantas opiniões (críticas), comecei a pesquisar o que já foi feito de similar. Achei um material bem limitado, mas listo aqui os mais importantes:
 
Fig 4 - Garrafas promocionais em homenagem a ilustradora Rose O,Neil (Japão)
Fig 5 - Toddynho (Brasil)
Fig 6 - Mascotes de bebida para vestir e interagir com o publico (Japão)
Fig 7 - Mascotes 2d generico de latinha
Fig 8 - Garrafa 3d de refrigerante, vendida em varias posições por sites de imagem.
Referencias
 
Depois de analisar o que já tinha por ai, percebi que as minhas referências diretas não eram exatamente o que eu estava buscando. Comecei então a vasculhar por personagens que de alguma forma tivesse a ver com que eu havia imaginando inicialmente.
No meu computador tenho uma pasta com diversos tipos de personagens, coisas que fui salvando ao longo de muito tempo de internet. Depois de uma bela filtrada, selecionei alguns que iam me ajudar no desenvolvimento.
 
Fig 10 - Smarty (Olivier Couston)
Fig 11 - Clownfish (Olivier Couston)
Fig 12 - Ralph (Disney)
Fig 13 - Fillmore (Pixar)
Fig 14 - GVT (Sergio Filho)
Concept
 
Com todas as referências escolhidas, uma idéia mais ou menos definida, comecei os rabiscos.
O esquema é ir testando. Começo por um desenho básico e ai vou cortando, colando, girando, rabiscando por cima. A idéia é fazer uma básico bem rápido e a partir dele começar a criar uma sírie de variações.
O maior problema foi achar um traço legal para as pernas e olhos.
Nas pernas o problema era a silhueta e a mobilidade. Pernas muito cumpridas deixavam ele muito adulto. Já as pernas muito curtas dificultavam toda a movimentação, e ai qualquer pose vira um enorme desafio.
No caso dos olhos, é um elemento que envolve toda a expressão do personagem e também a idade dele. Sempre pensei em deixar o Dollynho com um jeito mais juvenil, algo em torno dos 5/ 6 anos de uma criança normal. Por isso fiz diversos testes com tipos de olhos e tamanhos para saber o que funcionava.
Com esse desenho, minha idéia é apenas definir um shape bem básico. Para definir a expressão geral, proporções e silhuetas mais pontuais prefiro fazer direto no 3d. Muitos desenhos em 2d, quando bem detalhados, acabam se tornando complicados demais para serem transferidos completamente pro 3D. Isso porque a perspectiva, somado a luz e sombra mudam o jeito com que vemos as formas do personagem.
Modelagem Inicial
 
Quando faço personagens, prefiro comecar o 3d pelo Zbrush, usando o ZSpheres (Fig. 15). Isso já me dá toda o volume base que vou precisar.
Infelizmente esse processo deixa uma malha com alguns poligonos um pouco grandes, por isso, antes de sair detalhando, jogo o mesh pro Luxology Modo e faço uma retopologia rápida sobre os pontos mais críticos.
Em seguida retorno ao Zbrush e inicio um pré detalhamento.
Nesse momento minha intenção é criar um shape básico do meu personagem (Fig. 16), apenas para saber como se comportam seu volume e proporção no 3d.
Renderizo ele de um modo simples (Fig. 17) e no Photoshop vou pintando por cima, mexendo nas proporções e colocando os elementos que acho interessante (Fig. 18). Até aqui, tudo é uma grande experimentacão, por isso não fico gastando tempo com detalhes e modelagens que nem sei se vou usar no modelo final.
Modelagem Final
 
A partir daqui, passo a usar a imagem que montei no Photoshop como guia no Zbrush. Ela que será a minha referência para a expressão e detalhamento de todo os elementos do personagem.
Assimetrias dão uma dinâmica ao personagem, por isso coloquei a tampa meio de lado. Além disso, aumentei o tamanho dela para que a garrafa (o corpo) parecesse pequena (modelo 250 ml). A idéia do fecho do boné sobrando surgiu na hora da modelagem rs.
No rosto, quis manter um aspecto bem jovem do Dollynho, mas não com uma carinha de bebê por inteiro. Trabalhei o tamanho dos olhos e toda a curvatura deles, testando diversas combinações. Porem a maior parte do esforço foi com a boca e a distância dela em relação ao nariz. Uma ponto importante foi a curvatura do lábio superior. Ele que denuncia a idade do Dollynho (quanto mais curvada pra cima, mais novo ele fica.. assim como a boca de um bebê de verdade), Por isso tive que ir com cuidado nessa parte.
Com o tênis me baseei nos lançamentos que vejo na galeria do Rock e outras lojas do universo Hip-hop. Pensei em colocar cadarço, mas o fecho com velcro ainda é o meu preferido rs.
Como o personagem todo possui muitas curvas, trabalhei quinas retas dentro da expressão. Isso cria uma balanço entre as formas.
O logo original da Dolly é um elemento muito pesado, por isso resolvi fazer algo mais próximo da minha proposta. Usei como base alguns simbolos de super heróis americanos, e logos de refrigerantes concorrentes. Nunca fui bom com logos e dificilmente me arrisco nessa, mas o novo Dollynho precisava de um simbolo mais coerente!
Poses
 
No final, montei 3 pranchas que mostrassem bem esse novo Dollynho!
O posicionamento foi feito no ZBrush por meio do TransposeMaster, e todos os elementos adicionais modelei diretamente no Modo. O render foi feito em Luxology Modo com uma pós produção em Photoshop.
Para as poses da bike e pipa, busquei referências de rappers americanos e suas poses famosas, principalmente nos blogs e publicações gringas (Fig 19). Inclusive surgiu dai a idéia de colocar um medalhão estilo gangsta, 100% brasileiro. Na cena do skate, valeu as fotos de skatistas pulando corrimãos e escadas.
Imagens Finais: