Add to Collection
About

About

Neste projecto como foi proposto criar um calendário temporal, optei por pegar num tema que está a marcar um grande impacto no nosso País, no qua… Read More
Neste projecto como foi proposto criar um calendário temporal, optei por pegar num tema que está a marcar um grande impacto no nosso País, no qual uma cidade portuguesa é capital europeia da cultura que é Guimarães. Para responder à proposta, foi pensado num calendário que provocasse interacção com o público. Como o calendário é temporal, foi desenvolvido para as actividades/eventos agendados dos dias do evento que há em Guimarães. Através da marca (coração), foi dividido em várias peças, no qual cada peça correspondia a cada dia agendado no programa. O efeito deste calendário, no m são várias as peças e a intenção é o público juntar e formar o coração, como se fosse um puzzle. O material pensado para fazer estes exemplares seria em madeira ou alumínio e a agenda sendo gravada a lazer. Por m há um saco de rede, que acaba por moldar-se às formas das peças e que tem a função de guardar e transportar. Read Less
Published:
CALENDÁRIO
Neste projecto como foi proposto criar um calendário temporal, optei por pegar num tema que está a
marcar um grande impacto no nosso País, no qual uma cidade portuguesa é capital europeia da cultura
que é Guimarães. Para responder à proposta, foi pensado num calendário que provocasse interacção com o público. Como o calendário é temporal, foi desenvolvido para as actividades / eventos agendados dos dias do evento que há em Guimarães. Através da marca (coração), foi dividido em várias peças, no qual cada peça
correspondia a cada dia agendado no programa. O efeito deste calendário, no fim são várias as peças e
a intenção é o público juntar e formar o coração, como se fosse um puzzle. O material pensado para fazer estes exemplares seria em madeira ou alumínio e a agenda sendo gravada a laser. Por fim há um saco de rede, que acaba por moldar-se às formas das peças e que tem a função de guardar e transportar.