Add to Collection
About

About

Projeto de 48 dias realizado com a equipe do estúdio Metrô Coletivo.
Published:
Branding 4 Musique
Design, art direction
No Briefing inicial, pouco se conhecia sobre a casa de eventos e durante o processo de criação fizemos diversos estudos tipográficos e de caligrafia, até que apresentamos a primeira ideia, com curvas e atrativos típicos do século dezoito. Porém não acertamos na primeira ideia, nosso problema agora era correr para achar uma simbologia da qual o cliente tanto queria, o typo para o cliente era o que menos importava. Ele queria apenas que visualmente sua marca fosse reconhecida e entendida no primeiro olhar.

Outro problema surge, a música é tudo. É instrumentos, notas, coordenação, afinação, etc.
Foi quando ao ler uma publicação de Ricciotto Canudo (Manifesto das sete artes) que caiu a nossa ficha. 

Frente ao comportamento dos consumidores de música, a marca nasce do seguinte estudo, no Brasil a manifestação cultural através da música é a melhor forma de detectar as características de uma sociedade e o seu comportamento coletivo.

Agora sim, temos as informações para concluir o job, usamos elementos musicais para compor a tipologia que seria desenhada, unimos as referências das artes cubista e nouveau, representamos também através das cores os diversos gêneros da música e suas classificações, uma tipologia toda em caixa baixa para salientar a leitura e forçar os olhos do consumidor para algo novo e jovem nos próximos 10 anos.

Como minha paixão pela França e suas galerias repletas de obras fantásticas, deixei implícita a minha personalidade, o que parece ser nota musical também é um gotejo de tinta.