Add to Collection
About

About

Published:
Este é um projecto académico para a disciplina de Design de comunicação.

As ideias.O tema escolhido teria então uma linhagem diferente, uma ideia subliminar.
O tema escolhido foi então: O Triângulo das Bermudas.

E o que criar com a lenda? Não houve uma lista de respostas, mas sim uma evolução das ideias: Uma agencia de viagem --> um cruzeiro de luxo --> uma visita guiada --> um parque de diversão --> todas as ideias anteriores num só.
E assim se criou o Bermuda's WTF, um parque de diversão alucinante.
E o que criar a partir desse parque? Um mapa informativo, como guia do parque, contendo o mapa, o percurso das atracções, uma gama de pictograma como legenda, o seu texto e conteúdo, a sua mascote, o seu logotipo, a sua montagem em desdobrável, o seu bilhete de entrada e um convite especial.

O que é o Bermuda's WTF afinal?
É um parque de diversão no Triângulo das Bermudas, que se situa entre Miami, Porto Rico e Bermuda, onde são criadas atracções, que são simplesmente os próprios acontecimentos "sobrenaturais" que a verdadeira história do Triangulo das Bermudas proporciona.
O objectivo é contornar as famosas explicações dos desaparecimentos de barcos, aviões e avionetas durante a travessia do Triangulo das Bermudas, e transformar os curiosos factos em atracções humorísticas, completamente aleatórias e surrealistas para o público mais corajoso. Será também criar e projectar interessantes actividades em vários pontos do Triângulo.
O objectivo não é mais do que apelar o público a viver os desastres dos acontecimentos passados, os desaparecimentos que têm uma lista de explicações a sua volta: sequestros por extra- terrestres, portais do tempo aquáticos, monstros inquietantes, actividades paranormais no céu, etc. O conteúdo será então transformado num guia turístico, baseado num mapa informativo, que acompanha os visitantes durante a estadia no parque. Um desdobrável prático, legível e ilustrado.

O conteúdo.Toda a produção foi extremamente perspicaz. Todas as ideias foram elaboradas através de relatos surrealistas, muitas vezes a imitar um estado Dadaista. O burlesco, o fantástico, o aleatório, foram considerados importantes para este projecto, em que simples conversas numa noite normal entre amigos se tornavam uma fonte de inspiração. A criatividade não faltou, e as atracções do parque foram muito pouco reflectidas. Todo o conteúdo porem, foi imaginado com seriedade, apesar da ironia macabra que se quis salientar. Imaginemos então a atracção principal, que não será nem mais nem menos que um cruzeiro. Sabemos que a maioria dos barcos desaparecem ao aproximar o Triangulo. De mesmo para o "Rodeo", onde as pessoas terão de encontrar monstros marinhos como o monstro do Loch Ness, que definitivamente não se encontra nas águas de Bermuda, mas que lá está... Porque está ! Não há tanta explicação para o conteúdo. É simplesmente ver a atrocidade do tema de uma forma criativa e puramente imaginativa. De mesmo para o polvo gigante no qual se deve apanhar com uma corda e sobretudo, "Não alimentar com cacahuetes !". Portais do tempo serão abertos para quem quiser desaparecer saltando no seu interior graças a um equipamento de para-quedas, ou quem não é tão corajoso, poderá sempre "visitar" o além do portal e voltar graças ao equipamento de bungee jumping. Entre muitas outras actividades pensadas através de alguns relatos exagerados sobre as lendas do terrível Triangulo das Bermudas. Num lado do desdobrável, está então situado o mapa, as descrições das atracções, o esquema de legendas com os pictogramas, uma bússola e o escudo do mapa. No lado oposto, o desdobrável contem toda a parte informativa referente as condições gerais de compra, o apóio ao cliente, as tarifas (visto que cada atracção terá uma tarifa diferente), o preçário, o horário de funcionamento do parque, a mascote com o texto de acolhimento, e a capa com o logotipo.