Add to Collection
About

About

SEDE BANCO DO BRASIL 2002 | PORTO ALEGRE, RS, BRASIL
Published:
A reformulação dos espaços coletivos da sede regional do Banco do Brasil, em Porto Alegre, foi desenhada pelo Studio Paralelo em parceria com o arquiteto Marcelo Pontes. Esta intervenção foi marcada principalmente pelo novo tratamento das edificações existentes e pela criação de novos elementos arquitetônicos. 
O desafio foi criar uma nova atmosfera para a área do estacionamento do Banco do Brasil. Utilizado basicamente por funcionários da empresa, foi necessário estabelecer um novo arranjo na sua disposição para conseguir otimizar espaços, ampliar o número de vagas e criar ainda uma pequena praça para as pessoas descansarem nas horas livres. A idéia partiu da necessidade de humanizar esta área que, excetuando o início da manha e o final de tarde (horário de maior movimento de veículos no estacionamento), é um lugar bastante tranqüilo. Parte do estacionamento foi coberto com uma estrutura metálica leve e de linhas sinuosas, criando uma área de sombreamento para os carros. Pelo inusitado de sua plasticidade e do local onde está implantada, é como se fosse uma grande escultura a céu aberto. 

A fachada do antigo edifício do almoxarifado acabou fazendo parte também desta remodelação. Totalmente voltada para o estacionamento, a fachada estava já não condizida com a proposta de modernização e apresentava problemas na distribuição de suas aberturas. 

Além disso, possuía um aspecto já bastante degradado, como sugere o próprio apelido que recebeu pelos funcionários ao longo dos anos: "carandiru". Nesta área foi elaborada uma nova modulação de aberturas , respeitando o desenho original do edifício, onde foram inseridos volumes e brises em estrutura metálica com fechamento em tela. Esta intervenção trouxe mais graça e segurança ao edifício, além de criar um interessante jogo de luz, cores e sombra. 

O grande muro de concreto que separa o estacionamento do edifício-sede (projeto de MMM Roberto) recebeu um tratamento diferente: após limpeza do concreto, foram aplicadas pequenas placas metálicas com afastador por toda extensão do muro. O resultado é um grande "grid", que salta aos olhos conforme a posição do sol e as sombras provocadas pelas placas. Outro problema solucionado foi a abertura de uma passagem coberta no muro, ligando o estacionamento ao restaurante. Seguindo um traço puro, quase minimalista, foi criada uma marquise em estrutura metálica de proteção ao portão e cobrindo a rampa de acesso. Hoje, os funcionários saem do restaurante e aproveitam a pracinha para descansar e tomar sol no que um dia foi um simples estacionamento. 

------ 
MAPA
Autores:
Luciano Andrades, Matías Carballal, Rochelle Castro, Andrés Gobba, Mauricio López, Silvio Machado. 
Equipe de projeto: Luciano Andrades, Gabriel Gallina, Marcelo Pontes 
Estrutura: Cláudio Creitchmann 
Hidrosanitário: Julio Cesar Troleis 
Iluminação: Julio Pischke 
Especificações e Orçamento: Norbert Bedin 
Construção: Vilasboas Engenharia e Construções / Canope Construções 
Fornecedores: Vilasboas (estrutura metálica) / Saibrita (Pavimentação) / Instaladora Moderna (iluminação) 
Fotografía: Gabriel Gallina 
Área: 4.041,00m2 
Local: Porto Alegre, RS, Brasil 
Data do projeto: 2002 
Data de conclusão: 2002
129 2091
RJI
113 2324
250 5155
BIA
44 1174
CME
77 4596