É preciso criatividade para alimentar de maneira saudável, eficiente e sustentável a população global, cada vez maior. Hoje somos mais de 7 bilhões de pessoas habitando o planeta e seremos 10 bilhões na década de 2050. O equilíbrio de soluções desenvolvidas por diversas áreas pode contribuir com a segurança alimentar de habitantes cada vez mais urbanos – mais da metade da Humanidade vive em cidades atualmente e este índice deve chegar a 70% na metade deste século.
No entanto, nossa comida ainda vem de muito longe e nos força a repensar como integrar sua produção ao cotidiano da cidade, inserindo-a no espaço público, nos quintais e nas varandas de apartamentos privados. 
Pautado por esta iminente realidade, o Laboratório de Atividades do Museu do Amanhã | LAA, apresentado pelo Santander, exibe “Prato de quê?”, mostra resultante de residências criativas que duraram cerca de oito meses e tiveram como foco o desenvolvimento de diferentes sistemas de alimentação.
Créditos:
Espaço: Museu do Amanhã
Curadoria: Marcela Piquet Sabino
Produção Executiva: Yuri Amorim
Projeto Expográfico: Joyce Fernandes e Marinah Raposo
Design e Ilustrações: Ana Seno, Fernanda Quadros e Estúdio Cru
Produção Criativa: Eduardo Migueles, Joyce Fernandes, Marinah Raposo e Yuri Amorim
Residentes Artísticos: Elvert Durán e Thiago Palhares
Fotos: Guilherme Leporace
Prato De Quê?-Sistemas Circulares de Alimentação | MDA
14
67
0
Published:

Prato De Quê?-Sistemas Circulares de Alimentação | MDA

14
67
0
Published: