Criada em 1924 por dinamarqueses que imigraram para Brasil e investiram na cultura do queijo, a marca Supremo é a marca Premium dos Laticínios Buritis e foi incorporada ao mix da empresa em 2009, com uma linha pequena de queijos finos (Gruyère, Gouda, Emmental e Queijo Prato Esférico), sem grandes investimentos posteriores. Com o crescimento recente da força comercial da empresa, a diretoria definiu investir na renovação da marca Supremo para reposiciona-la e procurou em 2018 a Aero Comunicação para desenvolver este redesenho de logo e do design de linha de embalagens.

Preocupados com a nova realidade dos mercados, o cliente pediu para que focássemos, sim, no segmento Premium, mas não a ponto de perder presença e appeal de gôndola para o consumidor médio das principais redes mercadistas. O foco então foi criar um visual que comunicasse qualidade, sabor, refino e tradição mas sem sugerir preço inacessível. Importante também era manter algumas características do logo para que a transição fosse coerente com a história, porém sem referências ao artesanal, à fazenda ou ao colonial brasileiro. O objetivo: promover um resgate histórico da marca mas com look&feel de grande player produtor, que sintonizasse com processos de produção e padrões sanitários contemporâneos. Por outro lado, o cliente não desejava um estilo muito europeu (modernismo orgânico escandinavo) mesmo porque o visual da marca historicamente nunca se inspirou no design dinamarquês.

Procuramos então um meio-termo. Um visual que mantivesse uma linha evolutiva do logo anterior, que é praticamente um selo (um isologo dourado e verde), mas que acenasse para uma nova fase da marca, de maior produção e presença nas grandes redes varejistas. Mantivemos o dourado e o verde, puxando um pouco mais para o verde-azulado escuro, (uma característica que garante a diferenciação de seus principais concorrentes, que marcam presença na paleta azul e vermelho) e diminuímos a presença do branco, usando-o nos títulos ou um pouco mais em produtos de maior tamanho, de sabor mais leve ou de perfil mais rústico. Outro ponto que preservamos foi a sensação de uma tipografia robusta, porém trocando as serifas egipcianas por incisões mais sutis. Complementando o selo, aplicamos arcos decorativos soltos que acompanham o arqueamento duplo do logotipo. Eles criam uma conexão com o visual anterior mas deixam o conjunto mais arejado e possibilita flexibilidade nas variações, tanto em selo completo como em versão parcial ou somente o logotipo, flexibilidade que ajuda muito na aplicação, pois são muitos os formatos de queijos e cortes fracionados. Combinando com as incisões na fonte e com o desenho dos arcos soltos, algumas embalagens possuem ilustrações sobrepostas no estilo xilogravura. Incluímos os complementos “queijos finos” e a referência da data em fonte bastão condensada para garantir a legibilidade em tamanhos reduzidos, a mesma que é usada como fonte auxiliar para os dados técnicos nos versos. Incluímos o “siden 1924” (”desde 1924” em dinamarquês) como uma citação à origem da marca, que será resgatada mais à frente em livro (em processo de pesquisa) e campanhas de publicidade. O primeiro lançamento no mercado foi a caixa de Fondue, completamente reformulada e, na sequência, os fatiados de queijos finos e os fracionados de Gouda e Emmental. Em fase de lançamento, temos as peças completas (cheese wheel) de Brie, Gruyère, Emmental, Estepe e Gouda.

TRABALHO DESENVOLVIDO NA AERO COMUNICAÇÃO, ENTRE AGOSTO DE 2018 E MAIO DE 2019, COM APLICAÇÕES DESENVOLVIDAS EM CONJUNTO COM A EQUIPE DE DESIGNERS E DIRETORES DE ARTE DA AERO (DENY COMINE, DANILO ZANOTT, CINTHIA RIOLI, MAYARA LONGHI E SANDRO NUNES)

Queijos SUPREMO Rebranding
7
101
1
Published:

Queijos SUPREMO Rebranding

Criada em 1924 por dinamarqueses que imigraram para Brasil e investiram na cultura do queijo, a marca Supremo é a marca Premium dos Laticínios Bu Read More
7
101
1
Published:

Tools

Creative Fields