[English text below]
DiaTipo São Paulo 2018

Identidade desenvolvida para o 10º ano do DiaTipo SP, um encontro de Tipografia sem fins lucrativos. O tema de 2018 foi “10 anos: E Agora?”, e o objetivo era olhar para a história do evento e a partir disso focar nos próximos passos, sem esquecer do considerável crescimento da área tipográfica no Brasil. A identidade baseou-se em um padrão gerado no programa Nodebox, a partir de fontes criadas por designers brasileiros, a fim de apresentar o conceito do DiaTipo: um evento construído ao longo de 10 anos por tipógrafos que cresceram junto com o evento. Subverter as formas e contraformas da tipografia em cortes atuava também como um convite a profissionais de outras áreas, para conhecer, entender e fazer parte.

10 anos: e agora?​​​​​​​

O objetivo do projeto era encontrar uma maneira de celebrar os 10 anos e homenagear os diversos profissionais da tipografia no Brasil. As referências foram colchas de retalhos, legos, elementos modulares, caixas de tipos e até mesmo as janelas de caracteres, comuns em programas de desenvolvimento de fontes. Assim como uma tipografia é feita de diversas peças, pareceu-nos natural essa abordagem construtiva por fragmentos, que vão se sobrepondo para construir algo maior. Isso representa os 10 anos, um grupo pequeno que foi crescendo a partir das experiências de cada novo membro acrescentava até chegar onde está hoje.









fragmentos de fontes brasileiras

Um dos pilares foi trabalhar com fontes cedidas por type designers brasileiros. A partir de um código criado no programa Nodebox, foi gerado um gride combinando fragmentos mais expressivos de diferentes caracteres previamente selecionados. Desta maneira, foi possível obter múltiplas possibilidades de padronagem que foram utilizadas como elemento principal da marca. Isso resultou em uma versatilidade ideal para a demanda de peças gráficas do evento, ao mesmo tempo que gerou um asset que permitiu aumentar a pregnância do evento nas redes sociais, mídias que até a edição anterior, eram pouco exploradas.




​​​​​​​




tipógrafas mulheres

De maneira bem aceita, as identidades das edições do DiaTipo obedecem uma abordagem tipográfica que faça referência ao principal palestrante. Não era intenção romper com essa tradição, porém, a data comemorativa nos deu a chance de transcender um pouco: em 2018 essa homenagem foi feita às tipógrafas mulheres. Além do conceito de textura, como fonte de apoio foram usadas a Artigo, de Joana Correa, e a Vinilla, de Flora Carvalho+Plau. Essa pequena mas significativa postura foi uma reparação histórica do evento que sempre teve baixo contingente de presença feminina como protagonista. A edição 10 do DiaTipo SP teve a participação majoritária do gênero feminino que representou 65% dos participantes.






DiaTipo São Paulo 2018

Identity created for the 10th edition of DiaTipo SP, a non-profit typography meeting. The subject of this edition was “10 Years: What Now?” in order to get the audience's attention to the meeting history and, at the same time, to focus on the next steps. For the project, our main element was a pattern generated in the Nodebox software, using only typefaces created by Brazilian designers. Our concept was: a conference built over 10 years by designers and typographers who grew up with it. The subversion of the typefaces characters forms also was an invitation to professionals in other areas to know, understand, and be part of it.

10 years: now what?

The project aimed to celebrate the 10th anniversary and pay tribute to Brazilian type designers. Patchwork, lego, modular elements, and even boxes of movable types were used as a reference to create it. Since typography is something that is made up of several pieces, it seemed natural to us this constructive approach: to use fragments to build something more significant. After all, this is the definition of DiaTipo, a small group that grew based on each other's experience.

fragments of brazilian fonts

One of the goals was to work with fonts provided by Brazilian type designers. From a code created in the Nodebox program, a grid was generated combining more expressive fragments of different previously selected characters. Thus, it was possible to obtain multiple possibilities of patterns that were used as the main element of the brand. This resulted in an ideal versatility for the demand for graphics of the event, while generating an asset that allowed to increase the event's recall on social networks, media that until the previous edition, were little explored.

women type designers

For every DiaTipo edition, there is always a typographic approach that references the keynote speaker. Thinking about the 10th edition, there wasn't an intention to break this tradition. However, the commemorative date gave us a chance to transcend a little: in 2018, this tribute was paid to female type designers. In addition to the concept of texture, Joana Correa's Artigo typeface, combined with Vinila typeface (Flora Carvalho + Plau) were used all over the identity. This small but significant posture was a historical reparation in this meeting, that always had a low contingent of female presence as the protagonist. The 10th edition of DiaTipo SP had the majority female participation that represented 65% of the participants.



  
DiaTipo São Paulo 2018
255
1,921
19
Published:

DiaTipo São Paulo 2018

Identidade desenvolvida para o 10º ano do DiaTipo SP, um encontro de Tipografia sem fins lucrativos. / Identity created for the 10th edition of D Read More
255
1,921
19
Published:

Tools