Criado em 1981, o ‘Cone de Futuros’ propõe uma forma de olhar para o amanhã orientado pela complexidade. 

Ele é um diagrama - modelo de pensamento - que resulta em um presente mais suscetível a adaptações e mudanças de rota. Porquê inclui a complexidade, o cone adiciona na equação, o desconhecido - o que eu não sei que não sei. O cone representa um espectro de visão, uma lanterna no escuro, uma projeção. 

A instalação “Visões de Futuros Possíveis” trouxe essa teoria à vida. 

Os participantes do Festival Futuros Possíveis (dez 2018, Casa Firjan - RJ), tiveram a oportunidade de ‘entrar’ no cone e experienciar a complexidade de se perceber em uma sala escura com possibilidades de futuros ‘flutuando’ ao longo das camadas que compõem o cone.

Ao final da jornada de futuros alternativos, o visitante é convidado a entrar em uma das situações possíveis. O cenário futuro apresenta uma ficção científica sobre o Futuro do Trabalho. 

A personagem Iara estava sendo entrevistada pelo programa “Entrevistas no Metaverso” (ciber-espaço, mundos virtuais).
Iara respondia perguntas à respeito da sua iniciativa dentro da nova economia: ela iniciou um organismo descentralizado autônomo (DAO) que submete à rede produtos para aprovação em parâmetros de sustentabilidade e design circular.



A Rito acredita que não existem fatos sobre o futuro. 

A consciência sobre o absurdo e o inimaginável nos transforma em agentes capacitados a dançar com a complexidade. 

Essa instalação é um convite à descolonização das distopias 
hollywoodianas e midiáticas para imaginar os futuros que desejamos. 

Futuros plurais, inclusivos e sustentáveis. 




Ficha Técnica 

Ano: 2018 
Cliente: Firjan 
Concepção e Idealização: Rito 
Direção de Arte: Rito 
Produção de Conteúdo: Rito 
Mapping (consultoria / execução): Rosa Angélica / Paulo Denizot 
Atriz: Sheylli Caleffi 
Vídeo: Ramon Lessa 
Cenografia: Camila Rodriguez 
Montagem: Mariana Valente / Daniel Benevides / Ricardo Lopes / Leo Pessanha

Agradecimentos especiais: 
Felipe Laranja, Pedro e toda equipe do Fab Lab Firjan
Paulo Denizot e equipe
Visões de futuros possíveis
3
116
0
Published: