Gestão Visual de Produto
Seja na construção de um produto digital, na manutenção de algum fluxo ou criação de uma nova funcionalidade, sempre senti muita falta de colocar todo o time na mesma página quando se trata do entendimento do produto como um todo.
1. O PROBLEMA
Em um time com muitos papéis, agendas e prazos diferentes, fica difícil manter todos na mesma página, olhando para o mesmo objetivo, cientes dos desafios e propósitos de cada frente que o squad atua. Esse desencontro de informações, muitas vezes causa problemas de performance em diversos níveis. Independente de sistemas de gestão digitais que existem por aí e são extensamente usados nas empresas, falta informação disponível para consumo imediato e tomada de decisão rápida.

2. DESAFIO
Como deixar o time alinhado e engajado em relação a como e para quem estamos desenvolvendo aquela solução?

3. HANDS ON
Quais informações necessárias para um bom gerenciamento e conhecimento do produto como um todo? Na minha experiência tive sucesso sempre recorrendo às essas informações na hora de deixar todo o time alinhado:

Personas
Depois de todo trabalho de construção de personas feito, é importante expor elas para o time todo tomar conhecimento para quem estão desenvolvendo a solução. Tanto atores internos que utilizam a ferramenta/produto de forma gerencial quanto os atores externos/usuários que vão ter contato com o produto final/solução. Com isso exposto é fácil destacar para todo o time, como a solução em que estão trabalhando afeta positivamente ou negativamente essas personas.

Jornada do usuário
Com ela mapeada conseguimos colocar o usuário no centro das nossas soluções, e contar sua história para o time ou outros tomadores e decisão de uma forma visual e completa. Esse mapa nos ajuda a alinhar pontos de contato para que a experiência do usuário com nosso produto ou serviço seja mais harmônica e eficaz.
Costumo usar os seguintes cards: etapas(visão geral do que se trata), passos(qual atividade é feita em cada etapa), sentimento(humor naquele momento específico da jornada), dores(dificuldades em se executar aquele passo em específico), oportunidades(insights de como melhorar ou sanar uma dor), ferramentas (toda e qualquer interação com ferramentas internas e externas para se completar algum passo ou etapa)

Mood
Identificar claramente as emoções positivas e negativas dos usuários ao longo de sua jornada é muito importante para identificar oportunidades de melhoria na experiência como um todo.

Test Cards  
Pontos de dor podem ser transformados em hipóteses para serem trabalhadas nesses test cards que são correlacionados com a jornada e com os atores diretamente afetados por essa hipótese. Com isso todos integrantes do time podem opinar e contribuir com a solução.

Métricas e mais métricas
Podemos trazer todo o tipo de métricas relevantes para o projeto para agregar na visão geral. Métricas como volume de acessos, número de ocorrências, número de bugs, tempo gasto na atividade pelo usuário, tempo gasto em desenvolvimento e muito mais. Essa visão é super importante para poder priorizar e fazer correções de curso ao longo do projeto.

KPIs e OKRs
Muito importante para todos do squad saber quais são as metas para o time, para o trabalho que estão realizando e principalmente as metas da empresa onde trabalham em relação ao cliente para quem estamos trabalhando. Fazer todos se sentir parte de algo maior e onde queremos chegar é um fator que muda positivamente o engajamento com o projeto.

Cruzadas
Eu diria que é a cereja do bolo. Em um projeto/produto onde temos vários pontos de contato de interação com o usuário, as cruzadas ajudam a mapear em que momento ele troca de canal (físico / digital) e o que essa troca cria em relação a atrito/engajamento com o produto ou o emocional no relacionamento com a o produto. Pontos importantes de serem mapeados para criar planos de ação para correção ou melhoria do serviço como um todo.

4. SOLUÇÃO
Com todos esses "blocos" de informações descritos acima construídos, a forma que encontrei foi montar um Situation Wall para o gerenciamento visual do produto. Com tudo isso disponível o tempo todo em uma parede, ou de forma digital, o time pode ter visão da jornada do usuário, conhecer quem são esses usuários, ter visão da onde estamos atuando e ter a liberdade de sugerir soluções, ter novas ideias, fazer novos questionamentos, independente do seu papel no squad. Afinal em um processo de desenvolvimento lean de produtos, a opinião de todos no squad é altamente relevante. O próprio time se torna responsável por alimentar essa grande fonte de dados, e essa interação deve ser constante, através de ritos e proatividade contínua de todos envolvidos.

5. MELHORIA CONTÍNUA
O aumento da visibilidade do trabalho do squad sempre é bem visto dentro de uma empresa estruturada em metodologias de desenvolvimento de produtos. O Situation Wall também possibilita a troca de informações entre demais squads de produto fazendo a troca de informação uma valiosa ferramenta de aprendizado e troca entre diferentes áreas.
Gestão Visual de Produto
2
28
1
Published:

Gestão Visual de Produto

Modelo de gestão de produto aplicado em times ágeis.
2
28
1
Published: