user's avatar
Southern Lapwing Color 4
Images produced without manipulation (DSLR Camera, Canon). They are part of the project entitled "Southern Lapwing". It comes from an erased clue in James Joyce's Ulysses that kindled to me the image of a till then forgotten familiar animal, a Loplop. The recognition got tied up with my own attempt to build certainly not an original but an originary place, perceived through exile and at the same time concretely habitable. The place is at the interface of fiction, reality and the disarticulation of memory; between writing and iconography. It has to do with the suggestion of an unprecedented possibility of interpolarization, mutual inversion of opposites, the discovery of identities, not to speak of authenticity, in differences, estrangements, and alia. A trip to the hinterland as the region of the outside. The first picture is called "Memoire sans Souvenirs: a associação dos lugares" [Memory without Resemblance: association of places].
The following quotation is useful: 
"Além das pequenas ondas tinha o mar — o mar. O mar — disse baixo, a voz rouca... Às vezes entrefechava os olhos, bem ao nível do mar e vacilava, tão aguda era a visão — apenas a linha verde comprida, unindo seus olhos à água infinitamente... Não era tristeza, uma alegria quase horrível... A água corri pelos seus pés agora descalços, rosnando entre seus dedos, escapulindo clarinha clarinha como um bichinho transparente. Transparente e vivo... Tinha vontade bebê-lo, de mordê-lo devagar. Pegou-o com as mãos em concha. O pequeno lago quieto faiscava serenamente ao sol, amornava, escorregava, fugia. A areia chupava-o depressa-depressa, e continuava como se nunca tivesse conhecido a aguinha... junto do mar onde o brilho era uma chuva de peixes de água. O pai morrera como o mar era fundo! compreendeu de repente. O pai morrera como não se vê o fundo do mar, sentiu... as ondas eram sugadas pelo mar rapidamente rapidamente, também de pálpebras cerradas. Depois voltavam de manso, as palmas das mãos abertas, o corpo solto. Era bom ouvir o seu barulho. Eu sou uma pessoa" (Clarice Lispector, Perto do Coração Selvagem).
Southern Lapwing Color 4
0
15
2
Published: