Perspectivas sobre o Tempo
Perspectivas sobre o Tempo

Eu escolhi fotografar minha avó através da cortina no intuito de representar o tempo; um tempo turvo; um passar do tempo que não passa, porque no outro dia ainda estamos aqui, dentro das nossas rotinas, fazendo as mesmas coisas que o dia anterior, o dia não passou, ele tá parado. Minha avó tem 90 anos e sinto que ela tá ainda esperando ele passar, para ela poder passar. Todas as tardes ela se senta na varanda, olha o movimento lá fora, todo dia é a mesma coisa, para ela e para as pessoas na rua. Minha avó representa o esperar por esse tempo, ela representa esse tempo que não se move. Ela só espera por esse tempo, e mesmo que digam, as rugas, o cabelo branco, a velhice, isso é prova que o tempo passou, mas não, é como estivesse presa numa realidade em looping, sempre volta pro mesmo lugar, não sai do mesmo lugar. Ela espera por esse tempo passar, para ela poder seguir e passar com ele.
Perspectivas sobre o Tempo
1
13
0
Published:

Perspectivas sobre o Tempo

1
13
0
Published:

Creative Fields