Artigo - O que são redes sociais? E Mídias Sociais?
1
0
0
Published:
O que são redes sociais? E Mídias Sociais? Um guia simples para entender a diferença de uma vez por todas

Fala a verdade: qual foi a última vez que você ficou um dia inteiro sem se conectar à internet?

Às vezes você até tenta se desconectar um pouco, mas no fim do dia você acaba dando aquela olhadinha para ficar por dentro do que está acontecendo neste mundo - seja por uma necessidade do trabalho ou por interesses pessoais. E isso geralmente inclui o acesso às redes sociais ou mídias sociais.

Atualmente, é cada vez mais comum que grande parte da nossa rotina esteja associada a aparelhos digitais conectados à internet.

Sim, a web abriu muitas portas no que diz respeito ao acesso à informação. Sim, a interação em tempo real é uma das grandes vantagens desta tecnologia. E sim, o contato interpessoal alcançou um novo patamar através da internet.

Todas estas possibilidades digitais realçadas pela globalização geraram muitas consequências, principalmente no que diz respeito ao relacionamento entre as pessoas.

Os diversos sites chamados de redes sociais ou mídias sociais, que tanto facilitam a comunicação, são um bom exemplo sobre o novo modelo de relação interpessoal, que agora ganhou um versão virtual.

Essas tecnologias tão utilizadas dia a dia se diferenciam por suas caractererísticas. Por isso, neste artigo trazemos dicas para você que:

> Deseja compreender de uma vez por todas o que são redes sociais e mídias sociais;
> Quer entender a diferença entre mídias e redes sociais para usufruir dessas plataformas da melhor maneira, mesmo que ainda esteja começando no ramo;
> Pretende se tornar um expert na área, um verdadeiro “Midialista”.

Um segredo sobre as redes sociais

Se você é da Geração Y - como eu, e convive com pessoas mais velhas, sejam seus pais, tios ou avós, já deve tê-los escutado falar sobre como “os tempos estão diferentes”, “as coisas mudaram com a tecnologia” ou “tudo está transformado com essa tal de internet”.

Pois bem, é fato que as sociedades já não vivem mais o mesmo tipo de rotina de antes, mas há certas coisas que não mudam, apenas evoluem.

Então, caro leitor, já que estamos construindo esta relação de amizade e confiança entre nós, eu  tenho um segredo para contar para você: as redes sociais sempre existiram.

É isso mesmo! Antes de toda essa revolução tecnológica e a consolidação da Era Digital, as redes sociais já existiam no mundo offline.

Mas, o que são redes sociais? Basicamente são grupos (não oficialmente estabelecidos) formados literalmente pelos relacionamentos entre pessoas. Estas pessoas, em geral,  têm interesses em comum, e mantêm a comunicação entre si, independentemente de que ferramenta utilizam para que o contato seja estabelecido.

Ou seja, as redes sociais de antigamente já eram baseadas na comunicação entre os participantes, mesmo que eles se utilizassem apenas da fala, da linguagem não-verbal e da escrita para isso.

A ideia se torna mais fácil de entender quando fazemos algumas conexões: as redes sociais offline - que sempre existiram nas sociedades - remetem à ideia de comunidade, associação de pessoas e círculos de relacionamento.

E o que mudou com a internet?

O termo “redes sociais”, como conhecemos hoje, é geralmente associado com diversas plataformas online.

Os sites atualmente denominados de redes sociais utilizam a ideia dos grupos de relacionamento offline, mas com características pertinentes à internet. Ou seja, a proposta principal é possibilitar a interação, facilitar a comunicação entre as pessoas e criar um ambiente comum para o compartilhamento de interesses.

Redes Sociais

São sites e plataformas interativas nos quais a ideia chave é permitir e facilitar o contato entre pessoas e grupos. São redes sociais: Facebook, Linkedin, Snapchat, MySpace.

Assim, a proposta das redes sociais é possibilitar o contato entre os indivíduos de uma sociedade, e não necessariamente disseminar conteúdos de forma massiva.

É verdade que as empresas se aproveitam cada vez mais das redes sociais para a aproximação com o seu público e planejamento de estratégias de marketing e comunicação, mas este não é o objetivo principal desses meios.


Comunicação é tudo

A comunicação é uma das habilidades inerentes ao ser humano, seja esta por meio da linguagem verbal ou não verbal. Desenvolvemos meios de nos expressar desde o nascimento, seja por meio de: choro,  gemidos e gestos (inicialmente) e através da fala (posteriormente).

Por muito tempo, a comunicação entre as pessoas aconteceu de forma direta e informal - principalmente pela oralidade. Logo, surgiram ferramentas para transmitir informações entre locais distantes, atuando como meios de comunicação individual, a exemplo da carta e do telefone.

Com o avanço das tecnologias, surgiram novas possibilidades além da comunicação direta (um-para-um), permitindo agora a comunicação um-para-todos através dos famosos meios de comunicação de massa. E aqui estão inclusos o impresso, o rádio e a televisão como as mídias mais tradicionais.

A internet é um tipo de mídia com características bem particulares, por permitir a comunicação “todos para todos”, uma vez que cada cada pessoa pode ser o emissor de uma mensagem para uma grande massa, mas todos os seus receptores também têm esta possibilidade.

Neste sentido, as mídias sociais podem ser utilizadas como veículos de comunicação, mas que agora também contam com a possibilidade de criação de conteúdo por indivíduos comuns (que não estão necessariamente associados às grandes empresas do setor).

Além disso, a internet abriu caminho para a produção de conteúdos colaborativos, nos quais a informação é enriquecida por meio da experiência de vários produtores - que nem mesmo precisam se conhecer pessoalmente para desenvolver um trabalho em conjunto.

Mídias sociais

São as novas mídias de massa que, como as antigas, visam estabelecer uma comunicação para várias pessoas. Isto agora acontece de forma descentralizada, através da internet. Exemplos de mídias sociais: YouTube, Blogs, SlideShare, Twitter, Vimeo.

De uma forma resumida, a proposta das mídias sociais é:

> Produção e divulgação de conteúdo de forma rápida
> Utilização de plataformas interativas
> Comunicação de massa como objetivo principal

As mídias sociais vêm sendo bem utilizadas pelas empresas que desejam disseminar informações e conteúdos, uma vez que a segmentação do público é bem mais nítida do que nas mídias de massa tradicionais, e assim é possível desenvolver estratégias específicas de acordo com o público alvo.

Por sua vez, em meio as estratégias de mercado, as marcas utilizam-se das redes sociais como canal de comunicação e interação direta com seu público.



Para que entender a diferença?

A facilidade de compartilhamento através dessas redes não passou despercebida pelas empresas. Esta aproximação com o consumidor abriu um espaço em que as marcas também podem reforçar a sua propaganda, e é por isso que muitas vezes surgem dúvidas sobre “O que são redes sociais?” ; “E mídias sociais?” ; “Qual o seu propósito principal?”

Entender a diferença entre as mídias sociais e as redes sociais é útil para os usuários comuns, uma vez que são expressões bastante usadas no nosso dia a dia.

Ainda assim, para aqueles que trabalham na área, é de grande importância para compreender ainda mais o mercado e planejar suas estratégias, alcançando da melhor maneira o seu público e conseguindo melhores resultados.