Minha boca sempre está em silêncio, mas meus olhos sempre gritam, meu corpo grita, minha alma grita. Me fragmentei em tantos que agora não sei mais se consigo reconstruir o meu eu. Enquanto isso vou tentando em silêncio, porém sempre gritando.
Fragmentada
11
252
1
Published:

Fragmentada

11
252
1
Published:

Creative Fields