Identidade Visual | Mariana Millecco Chapelaria

Chapéus estão nas nossas cabeças desde ancestrais primitivos, como uma peça para proteger a cabeça do calor ou as orelhas do frio. Ao longo da história seu valor percebido se adaptou, incluindo-se nas ideias de hierarquia, moda e obra de arte. Por volta de 1700, uma técnica manual de fazer chapéus exclusivamente femininos e artesanais ganhou o cenário, e hoje o Millinery é o pilar da marca Mariana Millecco Chapelaria, buscando trazer de volta a tradição do chapéu para o vestuário das brasileiras.


PROCESSO CRIATIVO
O maior desafio na criação da marca foi conciliar uma forma de produção tão tradicional com a modernidade. Primeiramente o símbolo foi pensado a partir de três palavras-chave: 

Chapéu - Objeto protagonista;
Pena - Descrito pela cliente no briefing como seu adorno favorito;
Linha - A costura dos chapéus é "invisível", fazendo com que a peça pareça contínua.


Foram então integradas com o conceito One Line (linha única), minimalista e delicado. Não existindo um tipo de chapéu principal, três foram adotados para o símbolo:

Cartola Feminina: Representando os chapéus para noivas;
Chapéu Cloché: Representando os chapés clássicos;
Chapéu de aba Floppy: Representando chapéus mais jovens e modernos.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

ELEMENTOS SECUNDÁRIOS
Para manter a singularidade dos símbolos, foram instituidas cores para cada um:



A tipografia equilibra pesos finos e encorpados com a linha que forma os símbolos.​​​​​​​​​​​​​​
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
APLICAÇÕES 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Identidade Visual | Mariana Millecco Chapelaria
8
100
0
Published:

Identidade Visual | Mariana Millecco Chapelaria

8
100
0
Published:

Tools

Creative Fields