• Add to Collection
  • Tools Used
  • About

    About

    Um dia de chuva O tempo leva e traz algumas coisas. O tempo revela o mundo lá fora e põe pra fora o nosso próprio mundo. Um dia de chuva é o te… Read More
    Um dia de chuva O tempo leva e traz algumas coisas. O tempo revela o mundo lá fora e põe pra fora o nosso próprio mundo. Um dia de chuva é o tempo que o tempo traz pra molhar de paz a nossa alma, pra fazer a gente ficar em casa, pra gente ter tempo de valorizar as pequenas coisas. Trajetória, é o tempo que a gente leva pra entender a que ponto chegamos e porquê. Cada partícula de umidade, gota, gotinha, goteira é o que nos transporta à medida em que o tempo passa e vai gotejando doses de ânimo a cada etapa que gente vive e supera. Um dia de chuva é como uma reserva abastecida de calmaria. É tudo o que a gente precisa entre uma agonia e outra, entre o ontem e o amanhã. Aquele dia de chuva foi a peça que o tempo pregou na gente, foi a comida que a gente comeu na panela ainda quente, mas que também lavou a nossa alma e levou com ela os nossos medos. Um dia de chuva selou aquela mudança que marcou aquele e esse novo tempo. O tempo de chuva é uma pausa no tempo que a gente dá a tudo, pra ver se sobra um tempo pra gente. Porque o tempo é quem dá o compasso e é quem marca o tempo dele mesmo. Mas o tempo que dura um dia de chuva mata a nossa fome de silêncio, de sereno e também de frio, do sozinho, do reflexivo e ainda mata aquela vontade de dormir um sono tranquilo e profundo que a gente só tem num dia de chuva. === Redação/Locução: Gabriella Santana Gravação/Edição: Wagner Filipe Lima e Gabriella Santana === • Instagram - @wagner_filipe_wf • Twitter - @wagner_filipe_w • YouTube - https://goo.gl/WjXLwF • Facebook - https://www.facebook.com/wagnerfilipe • Behance - https://www.behance.net/wagner_filipe_wf Read Less
    Published:
Um dia de chuva

O tempo leva e traz algumas coisas. O tempo revela o mundo lá fora e põe pra fora o nosso próprio mundo. Um dia de chuva é o tempo que o tempo traz pra molhar de paz a nossa alma, pra fazer a gente ficar em casa, pra gente ter tempo de valorizar as pequenas coisas. Trajetória, é o tempo que a gente leva pra entender a que ponto chegamos e porquê. Cada partícula de umidade, gota, gotinha, goteira é o que nos transporta à medida em que o tempo passa e vai gotejando doses de ânimo a cada etapa que gente vive e supera. Um dia de chuva é como uma reserva abastecida de calmaria.

É tudo o que a gente precisa entre uma agonia e outra, entre o ontem e o amanhã. Aquele dia de chuva foi a peça que o tempo pregou na gente, foi a comida que a gente comeu na panela ainda quente, mas que também lavou a nossa alma e levou com ela os nossos medos. Um dia de chuva selou aquela mudança que marcou aquele e esse novo tempo. O tempo de chuva é uma pausa no tempo que a gente dá a tudo, pra ver se sobra um tempo pra gente. Porque o tempo é quem dá o compasso e é quem marca o tempo dele mesmo. Mas o tempo que dura um dia de chuva mata a nossa fome de silêncio, de sereno e também de frio, do sozinho, do reflexivo e ainda mata aquela vontade de dormir um sono tranquilo e profundo que a gente só tem num dia de chuva.

===
Redação/Locução: Gabriella Santana
Gravação/Edição: Wagner Filipe Lima e Gabriella Santana
===

• Instagram - @wagner_filipe_wf
• Twitter - @wagner_filipe_w
• YouTube - https://goo.gl/WjXLwF
• Facebook - https://www.facebook.com/wagnerfilipe
• Behance - https://www.behance.net/wagner_filipe_wf