• Add to Collection
  • Tools Used
  • About

    About

    No ano de 1915, foi fundada uma das grandes influências futuristas em Portugal, a revista Orpheu, que editou apenas dois números devido a problem… Read More
    No ano de 1915, foi fundada uma das grandes influências futuristas em Portugal, a revista Orpheu, que editou apenas dois números devido a problemas financeiros,como seguidora dessa mesma quando esta terminou,em Coimbra no ano de 1927, foi criada outra influência futurista baseada na anteriormente referida, a revista Presença, tendo como fundadores Branquinho da Fonseca, José Régio e João Gaspar Simões. Desde o número 27 da revista, ficam apenas José Régio e João Gaspar Simões, até ao número 33, quando entra Casais Monteiro. Desta revista foram publicados 54 números, durante treze anos e sem regularidade, esta defendia a literatura livre e viva, oposta ao correto da época. Em 2011, decidimos criar uma nova versão do número 10 da revista Presença, este número contém oito páginas originalmente, as quais serão alteradas para uma distribuição diferente dos artigos. Pretende-se assim redesenhar todos os elementos gráficos e tipográficos, de modo a criar uma edição original e criativa, captando a atenção para a sua compra e leitor. Read Less
    Published:
No ano de 1915, foi fundada uma das grandes influências futuristas em Portugal, a revista Orpheu, que editou apenas dois números devido a problemas financeiros,como seguidora dessa mesma quando esta terminou,em Coimbra no ano de 1927, foi criada outra influência futurista baseada na anteriormente referida, a revista Presença, tendo como fundadores Branquinho da Fonseca, José Régio e João Gaspar Simões.

Desde o número 27 da revista, ficam apenas José Régio e João Gaspar Simões, até ao número 33, quando entra Casais Monteiro. Desta revista foram publicados 54 números, durante treze anos e sem regularidade, esta defendia a literatura livre e viva, oposta ao correto da época.

Em 2011, decidimos criar uma nova versão do número 10 da revista Presença, este número contém oito páginas originalmente, as quais serão alteradas para uma distribuição diferente dos artigos. Pretende-se assim redesenhar todos os elementos gráficos e tipográficos, de modo a criar uma edição original e criativa, captando a atenção para a sua compra e leitor.


Projeto selecionado para a ponto D,uma revista do Grupo Disciplinar de Design da Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave. ( http://www.ipca.pt/pontod/?p=1614 )
Trabalho Académico de Grupo, Design Gráfico (Laboral) 1º ano, IPCA - Barcelos.
 
Ivo Sampaio | Rafael Brandão | Juliana Silva