Contos Africanos – Tela
Contos Africanos
Sempre trabalhei na simultaneidade da pintura e da escrita, da arte e da literatura, da arte e da poesia, explorando os diálogos e as relações que podem se estabelecer dentro e a partir de uma obra.

Nos últimos quatro anos tenho trabalhado com livros, livros pintados e escritos, escritos com fragmentos de textos, relatos, citações, referências, sempre algo que a priori já se inscreveu poeticamente nos meus sentimentos e na minha emoção.

Um modo também de ampliar meu campo de trabalho, provocando diálogos, rasurando as fronteiras entre as artes, transitando entre os saberes. Não mais um campo único e específico mas uma prática aberta.

Em 2005, inaugura-se no Paço Imperial do Rio de Janeiro uma exposição intitulada “A Imagem do Som de Dorival Caymmi”. Oitenta composições de Dorival Caymmi são interpretadas por oitenta artistas brasileiros contemporâneos. Dorival Caymmi grande compositor brasileiro, é internacionalmente conhecido por seus temas sobre o mar, os pescadores, os mitos do universo da Bahia e da África.

Esta exposição foi a sexta mostra de um projeto que a cada ano levava ao Paço Imperial, uma série de artistas que com seus trabalhos homenageavam as músicas de um compositor brasileiro. Todo ano um novo compositor era escolhido e suas músicas eram sorteadas entre os artistas.

Fui convidada para participar da exposição em homenagem a Caymmi.
Contos Africanos, painel com 20 telas de pintura, é criado para esta mostra.

Lena Bergstein
Contos Africanos – Tela
1
154
0
Published:

Contos Africanos – Tela

Contos Africanos
1
154
0
Published:

Creative Fields