«Há dezassete dias que não durmo.» Começa assim a história que Haruki Murakami escreveu sobre uma mulher que, certo dia, deixou de conseguir dormir. Enquanto o marido e o filho dormem o sono dos justos, ela começa uma vida nocturna paralela que, inesperadamente, se torna mais interessante, entusiasmante e perigosa que os seus dias. Sono é uma re-edição do livro Sleep, de Haruki Murakami (1987). Subjacente ao seu conceito central está o uso da tipografia como complemento do sentido da história: seja na variação entre páginas tão abundantes em texto ou tão monótonas que nos dão sono, ou no ocultar de palavras que torna a leitura mais difícil. A publicação completa-se com um saco-contentor, dando ênfase ao ambiente insone do projecto.

Design Editorial I· 1º semestre 3ºano· Design de Comunicação
Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa

Projecto integrado na exposição de finalistas FBAUL DC '15 — Agora, Irrepetível.
Sono
36
270
2
Published:

Sono

«Há dezassete dias que não durmo.» Começa assim a história que Haruki Murakami escreveu sobre uma mulher que, certo dia, deixou de conseguir dorm Read More
36
270
2
Published:

Tools