Projeto: Casa Lima Drummond
Parceria:Urban+Studio Jordano Valota
Programa: Residencial
Área: 220 m²
Local: Dourados - MS
Status: Em Construção
Ano: 2015
Equipe Salvador: Diego Viana Gomes, Saul Kaminsky, Orlando Barros,Luciano Goulard, Eric Cabussú, Barbára Becatinni.
Equipe Dourados: Jordano Valota, Maycon Vieira, Tatiane Robrivic,Tatiana Baldasso, Igor Acosta
 
Sobre a Proposta:
Inserida no interior do MS na cidade de Dourados, a casa DRD é o reflexo de uma miscigenação cultural, tendo a fusão de uma família mineira com dois escritórios de arquitetura, um Sul-matogrossense e outro de Salvador na Bahia.
Essa mistura trouxe como resultado referências locais e um design contemporâneo a residência, buscando trazer a poética dos materiais industrializados como elemento chave do projeto.
 
Desenvolvida em um lote de 12x25 e com 220m² de construção a casa DRD busca uma relação do interior com o exterior através de grandes abertura integradas com o paisagismo, proporcionando ao mesmo tempo uma integração com o ambiente ao redor, mas também uma sensação de segurança e privacidade. A casa se apoio em diversas estratégias sustentáveis tais como a empena cega que projeto a casa do sol poente, a ventilação cruzada através das grandes aberturas que capitam o vento predominante da região, os bolsões de ar do pé direito duplo através das aberturas zenitais, a redução técnica/formal para ter o máximo de eficiência com o mínimo de material possível, o uso de uma paleta de materiais e tecnologias que reduzem o desperdício de resíduos e manutenção da construção.
 
A materialidade da casa foi pensada como uma relação metalinguística, que proporcione uma apropriação simbólica e imaginária dos conceitos arquitetônicos pelos moradores . As mesmas propostas se expressaram também na presença de uma parcela do mobiliário, pensado como parte da casa, assim como elementos como o piso e detalhes, que buscaram valorizar o trabalho do arquiteto como criador, e não somente como curador de artefatos estéticos prêt-a-porter.
 
A estrutura da casa também foi pensada possibilitar evoluções, dada sua estética industrial, de materialidade neutra, e incentivar a customização de acordo com a necessidade dos moradores, a partir de amplos espaços abertos, como a utilização de vigas metálicas no pé direito que servem de apoio para ampliação do piso de chapa perfurada servindo de apoio a biblioteca que ira aumentar conforme as futuras aquisições do cliente.
LMD
21
921
1
Published:

LMD

Casa desenvolvida em Dourados MS. Parceria entre os escritórios: Urban+Studio Jordano Valota
21
921
1
Published:

Creative Fields