O infinito entre a laranja e o suco - Ilustração

02 - O infinito entre a laranja e o suco
           
                Nexo. Com nexo. Conexo. Através de um fluxograma básico, podemos visualizar como foi conseguido um resultado. Mas já paramos pra pensar nas infinitas conexões interiores que levaram ao surgimento do objeto em si? O design comunica gerando relações humanas, entre sujeito e objeto, ou para o próprio sujeito consigo, como afirma Daniel B. Portugal em “Existe design?”, e essas relações advém de outras relações. O espremedor de frutas de Starck ilustrado neste poster é apenas simbólico como qualquer outro objeto de design, o processo por trás dele, muitas vezes – que é o que deve acontecer com a maioria dos objetos de design – se torna subjetivo: não podemos indicar exatamente que conexões o designer estabeleceu, mas podemos fazer ligações a direção que ele tomou para o objetivo, a pesquisa, a visão, pensamentos e dicussões se ligam. Não necessariamente de forma organizada, mas envolvem o objeto do começo ao fim – estão ligadas umas às outras e ao objeto em si. Volta e meia um indica o outro, como numa rede neural, que os neuronios pulsam sinais através de suas conexões, sses fatores, que ao consumidor final tem ligações aparentemente invisíveis, e que ainda, eles próprios não aparecem estão aqui estão ilustrados como elementos ao redor de um núcleo. Não existe objeto algum de design sem conexão.
O infinito entre a laranja e o suco - Ilustração
20
370
2
Published:

O infinito entre a laranja e o suco - Ilustração

Nexo. Com nexo. Conexo. Através de um fluxograma básico, podemos visualizar como foi conseguido um resultado. Mas já paramos pra pensar nas infin Read More
20
370
2
Published:

Creative Fields