Trabalho de grupo, desenvolvido no âmbito da disciplina de Audiovisual e Múltimédia I.
Consistia na Interpretação de um segmento à escolha do Livro do Desassossego de Fernando Pessoa, de forma visual e criativa. Neste caso o segmento escolhido foi o número 415.
"As figuras imaginárias têm mais relevo e verdade que as reais. O meu mundo imaginário foi sempre o único mundo verdadeiro para mim. Nunca tive amores tão reais, tão cheios de verve, de sangue e de vida como os que tive com figuras que eu próprio criei. Que leais! Tenho saudades deles porque, como os outros, passam..."