Add to Collection
About

About

EBX | E-BOX ESTACIONAMENTOS 2002-2003 | PORTO ALEGRE, RS, BRASIL OBRA EXECUTADA Comum a qualquer grande cidade do Brasil, Porto Alegre também so… Read More
EBX | E-BOX ESTACIONAMENTOS 2002-2003 | PORTO ALEGRE, RS, BRASIL OBRA EXECUTADA Comum a qualquer grande cidade do Brasil, Porto Alegre também sofre com o crescente número de automóveis em suas ruas,sendo a capital com maior número de veículos per capita do pais.Este fato faz proliferar os estacionamentos particulares,demandados pelo esgotamento da malha viária que não comporta tantos veículos. O E-Box não fugiu à configuração comum dos demais estacionamentos -vagas e controle de entrada e salda dos velculos. No entanto,nossa intenção foi provar que as limitações impostas pela função,programa e dimensões do terreno não são obstáculo à qualidade do espaço.Com um terreno de pouca profundidade (36m) e frente (16m) e a necessidade de um escritório no local,a pequena escala do projeto permitiu explorar uma linguagem única e bastante diferenciada para este estacionamento. O edificio –essencialmente uma caixa- comporta um escritorio para a administração, espaço para o guichê e dois sanitários em uma área equivalente ao tamanho de uma vaga de automóvel. A distirbução em planta buscou na simplicidade o melhor aproveitamento dos espaços, explorando ao máximo a funcionalidade do conjunto e a harmonia entre as qualidades formais e estruturais. No acesso do edifício criou-se um portão basculante em chapa metálica perfurada que, ao fechar, integra-se ao edifício establecendo uniformidade visual ao volume central. A escolha dos materiais de revestimento foi cuidadosa e proposital. A caixa/box: para quem passa na rua , parece um container suspenso; ese volume revela a administração. A transparência do volume central (em chapa perfurada, como o portão) traz leveza ao conjunto, permitindo boa ventilação natural e permeabilidade visual. O uso de dois materiais basicamente, blocos de concreto e estrutura metálica, garantiram a rapidez, limpieza e agilidade da obra, além da combinação estética bastante interessante e de fácil manutenção. O cuidado com a programação visual cria forte identidade ao estacionamento. As vagas dos carros são marcadas com números grandes pintados no muro em tom mais escuros que os blocos de concreto. O uso da cor laranja foi proposital, gerando harmonia aos materiais empregados e proporcionando uma atmosfera cromática sutil e marcante. ------ StudioParalelo + MAAM
 Sócios: Luciano Andrades, Matías Carballal, Rochelle Castro, Andrés Gobba, Mauricio López, Silvio Machado. Equipe de projeto: Luciano Andrades, Rochelle Castro, Gabriel Gallina. Fotografia: Mathias Cramer Estrutura Elétrica: Multiprojetos Estrutura Metálica Cobertura: Seegert's Hidráulica: Julio Cesar Troleis Construção: IPL Construções Localização: Porto Alegre, RS, Brasil Data do projeto: 2002 Data de conclusão: 2003 Área do prédio: 22 m2 Read Less
Published:
EBX | E-BOX ESTACIONAMENTOS
2002-2003 | PORTO ALEGRE, RS, BRASIL
OBRA EXECUTADA
Comum a qualquer grande cidade do Brasil, Porto Alegre também sofre com o crescente número de automóveis em suas ruas,sendo a capital com maior número de veículos per capita do pais.Este fato faz proliferar os estacionamentos particulares,demandados pelo esgotamento da malha viária que não comporta tantos veículos. O E-Box não fugiu à configuração comum dos demais estacionamentos -vagas  e controle de entrada e salda dos velculos. No entanto,nossa intenção foi provar que as limitações impostas pela função,programa e dimensões do terreno não são obstáculo à qualidade do espaço.Com um terreno de pouca profundidade (36m) e frente (16m) e a necessidade de um escritório no local,a pequena escala do projeto permitiu explorar uma linguagem única e bastante diferenciada para este estacionamento.
 
O edificio –essencialmente uma caixa- comporta um escritorio para a administração, espaço para o guichê e dois sanitários em uma área equivalente ao tamanho de uma vaga de automóvel. A distirbução em planta buscou na simplicidade o melhor aproveitamento dos espaços, explorando ao máximo a funcionalidade do conjunto e a harmonia entre as qualidades formais e estruturais.
 
No acesso do edifício criou-se um portão basculante em chapa metálica perfurada que, ao fechar, integra-se ao edifício establecendo uniformidade visual ao volume central.
 
A escolha dos materiais de revestimento foi cuidadosa e proposital. A caixa/box: para quem passa na rua , parece um container suspenso; ese volume revela a administração. A transparência do volume central (em chapa perfurada, como o portão) traz leveza ao conjunto, permitindo boa ventilação natural e permeabilidade visual. O uso de dois materiais basicamente, blocos de concreto e estrutura metálica, garantiram a rapidez, limpieza e agilidade da obra, além da combinação estética bastante interessante e de fácil manutenção.
 
O cuidado com a programação visual cria forte identidade ao estacionamento. As vagas dos carros são marcadas com números grandes pintados no muro em tom mais escuros que os blocos de concreto. O uso da cor laranja foi proposital, gerando harmonia aos materiais empregados e proporcionando uma atmosfera cromática sutil e marcante.
StudioParalelo   MAAM
Sócios: Luciano Andrades, Matías Carballal, Rochelle Castro, Andrés Gobba, Mauricio López, Silvio Machado.
Equipe de projeto: Luciano Andrades, Rochelle Castro, Gabriel Gallina.
Fotografia: Mathias Cramer
Estrutura Elétrica: Multiprojetos
Estrutura Metálica Cobertura: Seegert's
Hidráulica: Julio Cesar Troleis
Construção: IPL Construções
Localização: Porto Alegre, RS, Brasil
Data do projeto: 2002
Data de conclusão: 2003
Área do prédio: 22 m2