Showcase & Discover Creative Work Sign Up For Free
Hiring Talent? Post a Job

Bēhance

  • Recorrente.
    Auto-representação-ficção
  • Os sonhos recorrentes são considerados alertas do inconsciente para a necessidade de resolver algo interno ou externo. É uma forma, inconscientemente, enfatizar um problema não resolvido, um padrão de comportamento não superado, uma situação que está sendo evitada ou alguma coisa ainda não aprendida.
    Decidi representar-me através de um sonho recorrente que eu tenho: sentir que estou a ser perseguida e quando olho para trás não vejo ninguém. Os sonhos são representações do próprio sujeito mas que, na maior parte das vezes, não somos nós. Neste entram dois personagens: eu, como personagem principal e um vulto, uma mancha, uma presença que me persegue e cuja identidade é desconhecida.
    Para a realização do trabalho, optei por uma sequência, pois o sonho não é algo estático mas também não está totalmente em movimento, ou não é um movimento corrido e fluido. As imagens estão a preto e branco para reforçar a ideia de sonho e distanciá-lo da realidade.